Canal Garotas Polêmicas chega ao Youtube com muita personalidade

No primeiro vídeo do canal, apresentadora faz pergunta indiscreta pelas ruas de São Paulo.

A profissão mais antiga do mundo ainda causa incômodo em algumas pessoas, e curiosidade em outras. A modelo convidada do “Garotas Polêmicas” Bianca Santorini, andou pelas ruas de São Paulo e perguntou para diversas pessoas se eles namorariam uma garota de programa?

As expressões e as caras de susto dos entrevistados, mostram o quanto esse tema ainda é polêmico na nossa sociedade, tendo em vista que existe garotas de programa no mundo inteiro e a cada ano o número só aumenta.  Segundo pesquisa, a cidade campeã com o maior número de profissionais do sexo é a cidade de Pattaya, que fica na Tailândia, onde 1 a cada 5 pessoas trabalham como profissionais do sexo.

Alguns paises são extremantes liberais sobre o assunto como nos Países Baixos e na Alemanha, o que torna ambos os países de destino favorito para o turismo sexual internacional. As janelas dos prostíbulos de Amesterdão são, inclusive, mundialmente famosas.

Na Suécia, na Noruega, e na Islândia, é estritamente ilegal pagar-se por sexo, porém não o é praticar a prostituição, neste curioso caso, o cliente comete um crime, mas não a pessoa prostituída.

Já no Leste Europeu, as leis antiprostituição visam as prostitutas, uma vez que, nestes países, a prostituição é condenável através do ponto de vista moral/conservativo.

Outros países com rígidas políticas que inibem a prática e declaram-se oficialmente contra a prostituição são o Reino Unido, a Irlanda e a França.

Entre os países que não declaram-se à favor da prostituição nem a regulamentam ou reconhecem-na como trabalho, porém possuindo atitudes que demonstram considerável tolerância ao assunto, podemos citar a Espanha, a Bélgica e a República Tcheca.

Confira as reações das pessoas pela cidade: https://youtu.be/EOid9Bx3_Cc

Instagram: @orgulhogp

Top